Não consegue manter a dieta? Saiba qual erro a impede de fazer escolhas saudáveis

CompartilheShare on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+3Email this to someoneShare on LinkedIn0Pin on Pinterest0Print this page
foco-dieta-vidasaudavel-dicas-dietas-exercicios

Muitas pessoas encontram sérias dificuldades em manter a dieta que começaram há poucos dias (geralmente na segunda-feira, data oficial de tirar frutas, verduras e legumes da geladeira) por uma razão que não é a força de vontade nem a genética. O motivo do insucesso na hora de seguir o cardápio saudável, ou praticar exercícios, tem a ver com algo mais complexo.

É comum as pessoas acreditarem que para terem uma vida saudável é preciso desenvolver auto-crítica muito severa em relação ao que se come. No entanto, um estudo nos Estados Unidos descobriu que o amor próprio é a chave para resultados duradouros e a longo prazo, informou o site “Mind Body Green”.

Os pesquisadores reuniram 15 estudantes para determinar se a auto-compaixão tem papel na escolha do estilo de vida saudável, incluindo decisões em relação à comida, exercício, sono e controle de estresse.

O resultado foi bastante conclusivo: todos os voluntários demonstraram que a compaixão por si mesmo estava associada com as escolhas saudáveis. Isto significa que perder peso contando calorias, e se sacrificando para não seguir uma equilibrada reeducação alimentar, não é o melhor caminho para conquistar a silhueta perfeita.

Para estar em forma, ou eliminar um mau hábito, é preciso permitir que haja espaço para erros, como comer um pedaço de chocolate, pois eles são prazerosos e, portanto, aumentam a sensação de amor próprio, especialmente em dias mais difíceis.

Ou seja, para estar saudável, é necessário começar a cuidar bem de si mesmo e não sentir remorso por ter fugido da dieta por alguns instantes.

Fonte: Marie Clarie

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>