Mitos e verdades sobre o consumo de cafeína

dezembro 12, 2014
admin
CompartilheShare on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+1Email this to someoneShare on LinkedIn0Pin on Pinterest3Print this page
cafeina-1024x640

A cafeína está presente em uma das bebidas favoritas do brasileiro: o café. Quem passa a manhã sem consumir pelo menos um cafezinho? Pois bem, tão presente em nosso cotidiano, o ingrediente possuí uma série de mitos e verdade que rondam o ingrediente.

Por exemplo, a cafeína pode sim causar diferentes efeitos no organismo de acordo com a dose ingerida.

Quando consumida em baixas dosagens, ela melhora a performance cognitiva e psicomotora (o que deixa o indivíduo mais alerta e com maior capacidade de concentração), além de redução de sonolência e cansaço. Em doses moderadas é capaz de proteger o coração e atuar a favor do colesterol. Que fique claro: o consumo moderado de cafeína não parece, de um modo geral, acarretar riscos para a saúde.

Porém, doses elevadas pode induzir efeitos negativos: taquicardia, palpitações, insônia, ansiedade, tremores, dores de cabeça, náuseas, além de piora do colesterol e pressão arterial são alguns dos efeitos da alta ingestão do elemento. Estes efeitos indesejáveis manifestam-se mais facilmente em indivíduos sensíveis à cafeína.

Outro fator é o uso do elemento para atletas de alto impacto: a suplementação da cafeína para praticantes de atividade física é prática comum em academias. Por ser considerada termogênica (capaz de causar aumento de performance e de queima de gordura corpórea), ela é utilizada por esportistas das mais diferentes modalidades, envolvendo esportes que necessitam de uma grande capacidade aeróbia até esportes de levantamento básico de peso, por exemplo. No entanto, a suplementação de cafeína nunca deve ser feita sem orientação e nem por pacientes portadores de doenças cardiovasculares, diabetes ou gestantes.

Fonte: VejaSP

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>