Coluna desalinhada atrapalha evolução na atividade física. Conheça os benefícios da quiropraxia

CompartilheShare on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+4Email this to someoneShare on LinkedIn0Pin on Pinterest2Print this page
24190028_g

Viver com dor é a realidade de muitas pessoas. Seja nas costas, causadas pela má postura, ou as musculares, depois de um treino pesado. Infelizmente, muitos se acostumam com isso e tratam com analgésicos e anti-inflamatórios, sem investigar a causa real do problema.

O equilíbrio deve estar presente no nosso dia-a-dia para conciliarmos todas as áreas da vida sem prejudicar nenhuma. O mesmo acontece com o nosso corpo e é o que defende a quiropraxia. Se nossa coluna vertebral está desalinhada, nosso sistema nervoso é prejudicado, de modo que dores nas costas e articulações se tornam frequentes. A qualidade de vida também está amplamente ligada a isso, já que os impulsos nervosos passam pela medula espinhal.

“Já tinha ouvido falar bastante sobre o método, mas quando comecei as sessões pude comprovar seus resultados, com melhoras já na segunda semana”, relata Adriano Bastos, atleta octacampeão da Maratona da Disney e treinador.

A quiropraxista Ketlin Mattiello explica a técnica por trás da filosofia: “acreditamos que o corpo possui uma energia interna (inteligência inata), que é capaz de curar a si mesmo. Deste modo, agimos na correção da subluxação vertebral (desalinhamento da vértebra)”.

Não é massagem!

Segundo a profissional, é comum as pessoas confundirem as técnicas quiropráticas com massagem. A diferença é que a massagem “solta” as articulações e a quiropraxia reposiciona as mesmas no lugar correto.

Diagnóstico e tratamento

É feita uma série de testes para determinar onde acontecem as subluxações, no próprio consultório. Testes ortopédicos e raio-x também podem ser solicitados.

A profissão de atleta exige que Adriano Bastos tenha um acompanhamento semanal. “Houve melhoras no alívio da região lombar, que devido ao impacto da corrida, fica muito sobrecarregada e tensa. Dores gerais na coluna vertebral também melhoraram, além de total relaxamento das pernas”, comemora.

Melhora no esporte e na vida

“Os corredores se queixam muito de dores na musculatura inferior, joelho e lombar. O tratamento é focado nisso”, relata Ketlin.

A melhora no desempenho dos atletas é resultado da extinção da dor. Passada a competição, a quiropraxia também recupera o movimento normal das articulações, evitando sobrecargas e desequilíbrios (a famosa sensação de ter algo preso). Prevenções de lesões também pode ser o foco do tratamento.

Mas nãos são apenas as consequências do esporte que fazem Adriano recorrer aos ajustes semanais. Assim como muitas pessoas, o tempo demais no computador prejudicava a postura do atleta, mas agora ele já não sente as consequências disso.

Dores na cabeça também são causas frequentes da procura pelo método, outra enfermidade auxiliada pela quiropraxia. Pra finalizar, a reclamação número um das pessoas com rotina agitada também aparece na lista dos ex-problemas de Adriano. “Depois que comecei a me tratar, além de alívio das dores, tive uma melhora na qualidade do meu sono”, conclui.

Fonte: Webrun

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>